Quinta-feira, 09 de Julho de 2020
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1074
Menu

CADERNO DA CIDADANIA >

Jornalistas repudiam campanha contra repórter

Por Maira Magro em 25/05/2010 na edição 591

Um técnico de informática confessou ter enviado e-mails falsos aos 180 desembargadores do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) em nome do jornalista Chico Otavio, de O Globo, informou o jornal. As mensagens teriam sido enviadas a pedido do desembargador Roberto Wider, corregedor-geral de Justiça do Rio afastado após a publicação de uma série de reportagens que o ligavam a um esquema de venda de sentenças.

As mensagens falsas pediam aos desembargadores que contribuíssem com denúncias contra o presidente do TJRJ, explica O Globo. A intenção seria abalar a credibilidade do jornalista, um dos autores das matérias que denunciaram Wider. O desembargador também teria perguntado ao técnico se haveria formas de atrapalhar a investigação do repórter, diz o G1.

Segundo O Globo, as investigações que levaram ao técnico de informática Thiago da Silva serão enviadas ao Superior Tribunal de Justiça. Wider afirmou que as declarações do técnico são ‘mentirosas’.

A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) publicou uma nota afirmando que ‘os indícios do caso configuram grave uso de cargo público para obstar a liberdade de expressão e a prática do jornalismo investigativo’. O Sindicato dos Jornalistas do Município de Janeiro apontou ‘uma clara tentativa de ataque à liberdade de imprensa e de intimidação’.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem