Quarta-feira, 27 de Maio de 2020
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1074
Menu

E-NOTíCIAS >

Ações sobem 73% e Twitter vale agora US$ 25 bilhões

Por ‘OG’ em 12/11/2013 na edição 772

O Twitter surpreendeu o mercado na sua estreia na Bolsa de Valores de Nova York. Nesta quinta-feira [7/11], as ações que haviam sido fixadas para a oferta pública inicial (IPO) em US$ 26, abriram as negociações às 13h50 (horário de Brasília) valendo US$ 45,10. Ao longo do dia, os papéis alcançaram pico de US$ 50,09, com valorização de 92%, mas recuaram e fecharam cotados a US$ 44,90, alta de 72,7%. Segundo dados da Bloomberg, a empresa de troca de mensagens em 140 caracteres vale agora US$ 25 bilhões.

Na noite de quarta-feira (6/11), a empresa arrecadou US$ 1,8 bilhão com a venda de 70 milhões de ações a US$ 26 cada. Em comparação, o Facebook levantou US$ 16 bilhões em sua oferta pública inicial, em maio de 2012.

De acordo com analistas ouvidos pela Reuters, as ações do Twitter devem enfrentar volatilidade neste primeiro dia, mas o valor alcançado na estreia acima das expectativas está encorajando as negociações. Os papéis chegaram a US$ 50, alta de 92%, mas recuaram e operam no patamar de US$ 48.

– Do que pode-se não gostar no Twitter? Existe um potencial incrível e os investidores estão mais abertos a empresas de redes sociais hoje – disse ao site do USA Today Tim Loughran, professor de finanças da Universidade de Notre Dame, especalista em IPO's de tecnologia – Houve uma mudança de mentalidade em IPO's de internet.

No IPO do Facebook, em maio do ano passado, o primeiro dia de negociações também foi agitado. As ações começaram cotadas a US$ 38, alcançaram pico de US$ 45, mas fecharam praticamente estáveis, a US$ 38,23.

– Não há maneira suave de dizê-lo graciosamente. O primeiro dia de negociações dos papéis do Twitter, até agora, tem sido um monstro. Mas monstro de grandioso, não monstro de assustador, como foi o IPO do Facebook – diz Jon Swartz, analista do USA Today.

Contudo, o analista Brian Wieser, do Pivotal Research Group, está reticente quanto à valorização no primeiro dia. Em suas análises, ele fixou o preço alvo da ação em US$ 30 e considera que qualquer coisa acima disso como "espuma".

– Não há nada que suporte este valor. Eu acho que está muito acima do que realisticamente seria considerado uma abertura estável. Com preços acima de US$ 30, o Twitter está muito caro – disse, em entrevista à Bloomberg.

A empresa com 218,3 milhões de usuários espalhados pelo mundo ainda opera no vermelho. De acordo com o balanço da companhia, em 2012 a receita total foi de US$ 317 milhões, mas com prejuízo líquido de US$ 79,4 milhões. Nos primeiros nove meses deste ano, o faturamento cresceu para US$ 422 milhões, mas as perdas também aumentaram, para US$ 134 milhões.

Tocando o sino

A cerimônia de abertura aconteceu às 12h30, pelo horário de Brasília. Tendo ao fundo uma bandeira do Twitter e um cartaz com a hashtag #Ring, a jovem Vivienne Harr, ao lado do ator de Star Trek Patrick Stewart e uma oficial do Departamento de Polícia de Boston, tocou o sino que deu início ao pregão.

Vivienne, uma menina de apenas 9 anos que vive em Marin County, na Califórnia, ficou conhecida após montar em maio de 2012 uma barraquinha de limonada que lançou o movimento "Make a Stand Lemon-Aid", que luta contra o trabalho escravo infantil no mundo. Por um ano, ela manteve a barraca funcionando e toda a renda foi destinada à organização "Not for Sale".

Executivos e personalidades do Twitter marcaram presença. Os co-fundadores da rede social Biz Stone, Evan Williams e Jack Dorsey, assim como o diretor executivo, Dick Costolo, e o diretor financeiro, Mike Gupta, estiveram na Bolsa de Valores de Nova York para prestigiar a data.

Período de ‘lockup’

Executivos e diretores do Twitter não estão autorizados a vender suas ações durante 180 dias, o que constitui período de espera padrão referente ao lockup. Alguns funcionários não-executivos podem estar aptos a vender quase 10 milhões de ações em 15 de fevereiro.

Richard Custolo, CEO do Twitter, tem falado aos empregados sobre o gerenciamento de suas finanças pessoais nos encontros semanais da companhia, diz pessoa com conhecimento da matéria mas que pediu para não ser identificada porque as discussões são privadas.

Os “insiders” estão correndo risco ao reter seus papéis, tal como ocorreu com outras empresas de tecnologia que passaram por apuros nos meses que se seguiram a suas estreias em bolsa. A ação do Facebook, por exemplo, caiu abaixo do preço ofertado inicial de US$ 38, levando mais de um ano para se recuperar. O Groupon está no momento valendo 50% do que valia em seu IPO, em 2011, e a Zinga declinou 63% desde sua oferta inicial.

O Twitter, que publicou perdas de US$ 64,6 milhões em seu último trimestre, não tem previsão de lucros até 2015, de acordo com estimativas de analistas compiladas pela Bloomberg.

Expectativas da véspera

Antes da abertura do pregão, fontes da agência Reuters informaram que a demanda pelas ações estava 30 vezes acima da oferta. Dez grandes investidores devem ficar com 50% das ações que o Twitter vai oferecer na oferta pública inicial de ações.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem