Terça-feira, 26 de Maio de 2020
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1074
Menu

E-NOTíCIAS >

Ações da intranet migram para rede social

Por Helton Simões Gomes em 06/03/2012 na edição 684

Os funcionários da Aorta souberam pelo Facebook que a empresa foi adquirida pelo Grupo.Mobi, holding digital da RBS, em janeiro. “É onde você baixa a guarda e se coloca no mesmo patamar de todos”, diz Gustavo Ziller, diretor-geral da Aorta, que fatura R$ 10 milhões. Oficializar o grupo de discussão como canal de comunicação foi um dos passos para aposentar a intranet, extinta até o meio do ano.

Gigantes como Vivo/Telefonica, Estácio e Pão de Açúcar aproveitam que os funcionários estão nas redes sociais e levam algumas funções da intranet para esse espaço. A Telefonica adotou o Facebook. Os 59 funcionários da comunicação, espalhados por nove estados, dispensaram reuniões presenciais e videoconferências e integraram um grupo na rede social. O objetivo era limitar os temas da primeira reunião geral do setor depois da integração com a Vivo, em dezembro. Algumas das mais de 30 propostas já foram implantadas, como a revisão do pagamentos de parceiros, conforme o serviço prestado. A migração na Aorta já ocorreu para outras plataformas na nuvem. Documentos corporativos, como os formatos de contrato, são mantidos no Dropbox, uma ferramenta de armazenamento.

Com o fim da intranet, o funcionário, ao ser contratado, receberá a senha para acessar o serviço e fornecerá o perfil no Facebook. O grupo educacional Estácio não aderiu ao Facebook, mas usa uma rede espelhada, que possibilita conexão com o site, mas possui um canal fechado. Sediado no Rio, adotou em outubro o by You. Operando nas 32 unidades do Rio, a rede chegará em abril às outras 38 do país. Cada área possui sua comunidade, em que são hospedados os documentos do setor.

Compartilhamento

“Disseminar o conhecimento na cabeça dos nossos funcionários é essencial para nós”, diz Fernando Matos, gerente de Gente e Gestão da Estácio. Dos 11 mil funcionários, 6.000 são docentes. “Um professor do Rio compartilhando dados com um de Roraima é importante.” O by You é a interface de softwares de gestão (ERP) desenvolvidos pela Totvs. Ao logar, o funcionário acessa um ambiente pessoal, em que opta por postar tudo no Facebook e no Twitter ou não. Mas, para emitir uma nota fiscal por meio de um ERP, por exemplo, tem de entrar no ambiente corporativo. Permite ainda que um funcionário entre na rede de outra empresa, com autorização.

Presente em 25 empresas, inclusive Santander e Endeavor, foi criado para que os dados publicados não sejam usados para outros fins, como no Facebook, para direcionamento de anúncios, segundo Laércio Cosentino, presidente da Totvs. A escolha de uma mídia social faz parte de uma mudança de comportamento. “A geração que estará sentada nas nossas empresas nos próximos anos é muito mais colaborativa. Cada um contribui com uma informação para construir um raciocínio.”

No Grupo Pão de Açúcar, o setor de tecnologia começou a usar o Bright Idea no ano passado. É uma plataforma em que os 700 profissionais de T.I. propõem e comentam sugestões de inovação. As mais votadas são executadas. Ficam responsáveis por ela os funcionários que a sugeriu e os que mais colaboraram.

“É como um Facebook de ideias”, diz Alexandre Lila, gerente de T.I. do GPA.

***

[Helton Simões Gomes, da Folha de S.Paulo]

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem