Sexta-feira, 14 de Agosto de 2020
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1074
Menu

ENTRE ASPAS >

O Estado de S. Paulo

11/01/2011 na edição 624

GOVERNO DILMA

Leonencio Nossa e Lisandra Paraguassú

Bernardo enterra plano de regulação de mídia

O governo enterrou o projeto de regulação da mídia elaborado pelo ex-ministro Franklin Martins. Após encontro com a presidente Dilma Rousseff no Planalto, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, disse em tom diplomático que há outras prioridades para serem tocadas, como o projeto de banda larga, que pretende apresentar até o fim de abril.

‘A banda larga vai ter prioridade e premência porque vamos discutir também o plano geral de metas de universalização’, afirmou. Pela tradição de Brasília, um governo ‘enterra’ um projeto quando não estipula prazo para envio ao Congresso nem classifica a proposta como prioridade na agenda, dizem assessores.

Paulo Bernardo disse que é preciso um ‘exame detalhado’ do projeto para a possibilidade de abrir uma discussão ainda no âmbito do governo e relatou ter recebido a proposta nesta semana de ex-assessores de Franklin Martins. ‘Certamente, vamos ter que olhar cada ponto. Todos sabem que tem discussões de caráter econômico, regulação entre setores, disputas. Tem discussões relativas aos direitos dos usuários, tem questões que dizem respeito à própria democracia. Vamos examinar tudo e ver como vamos encaminhar.’

Taxado como antidemocrático por alguns setores, o projeto de regulação da mídia só ganhou corpo nos últimos meses do governo Lula. O então presidente chegou a cogitar o envio da proposta ao Congresso, mas preferiu deixar a decisão para Dilma.

Paulo Bernardo disse que a presidente demonstrou satisfação com as declarações dele à imprensa contra a concessão de rádio e TV a políticos, como já dissera em entrevista ao Estado. O ministro é contra a concessão, mas reconhece a dificuldade de regulamentação do texto constitucional no Congresso.

 

ARGENTINA

Ariel Palacios

Cristina passa a canal pró-governo 67,5% da verba de propaganda oficial

A Coalizão Cívica, um dos principais partidos de oposição, pediu ontem à Justiça Federal argentina que investigue irregularidades na distribuição da publicidade oficial – um total de US$ 26 milhões -, considerada arbitrária pelos parlamentares que apresentaram o pedido. O foco da investigação pedida pela oposição é o Canal Nove, que recebeu 67,5% do total das verbas de publicidade oficial para TV aberta do governo da presidente Cristina Kirchner em 2010.

Segundo a deputada Patrícia Bullrich, o Departamento Anticorrupção deverá investigar a ‘evidente e ampla discriminação na utilização dos recursos públicos em favor de um meio de comunicação que contém em sua programação diária emissões propagandísticas destinadas a apoiar diretamente o governo’.

Na contramão da publicidade oficial destinada o Canal Nove, o Canal Trece – primeiro colocado em audiência – recebeu somente 5% das verbas. O Trece pertence ao Grupo Clarín, crítico do governo Kirchner e considerado inimigo mortal pela presidente Cristina.

O Canal Nove – que recebeu US$ 18 milhões da verba de publicidade do governo – pertence ao empresário mexicano Ángel Remigio González-González, apelidado de ‘El Fantasma’ por supostos negócios obscuros. Seu canal transmite diversos programas – entre eles Duro de Domar, Televisión Registrada e o Bajada de Línea – cujos apresentadores fazem duras acusações aos partidos da oposição e à mídia, além de apologias ao governo Kirchner.

Segundo a deputada do partido de esquerda Projeto Sul, Alcira Argumendo, o privilégio destinado ao Canal Nove ‘é mais uma demonstração do ‘amigopólio’ do governo Kirchner’, em alusão irônica ao monopólio de meios de comunicação aliados que a presidente montou nos últimos anos.

Ao longo de 2010 diversas denúncias, com base em dados oficiais, indicaram que o governo também privilegiou com publicidade oficial os jornais alinhados. O caso do jornal BAE é o que mais chama a atenção dos analistas, pois ele possui uma tiragem de apenas 1.800 exemplares diários. Mas recebeu no primeiro semestre US$ 2,8 milhões, enquanto o conservador La Nación – crítico do governo Kirchner – que conta com 160 mil exemplares diários durante a semana, somente obteve US$ 788 mil.

Eleições. A presidente Cristina lidera as intenções de votos para as eleições de outubro, segundo indicou uma pesquisa elaborada pela consultoria de opinião pública Management & Fit.

A pesquisa indica que, em novembro, Cristina contava com 38,7% de intenções de voto. Na época, a presidente foi favorecida pela morte de seu marido, o ex-presidente Néstor Kirchner, em 27 de outubro, de um ataque cardíaco. Mas esse período – durante o qual a oposição e a mídia evitaram críticas diretas a Cristina – acabou em dezembro com o surgimento de diversos protestos sociais que acabaram com a morte de quatro pessoas, abalando a imagem do governo. Desta forma, segundo a pesquisa, a presidente conta atualmente com 29% das intenções de voto.

Mas, apesar da queda, Cristina conta com uma ampla vantagem sobre todos os presidenciáveis da oposição. O segundo colocado, o prefeito portenho, Mauricio Macri, do Proposta Republicana (PRO) tem apenas 3,6% das intenções de voto.

Os protestos sociais de dezembro, juntamente com a paralisia da oposição também provocaram uma queda generalizada da intenção de voto nos rivais de Cristina e elevou a proporção de indecisos de 28,1% para 49,1%.

 

TECNOLOGIA

Ethevaldo Siqueira

Eletrônica de consumo entra em nova era

Nunca a competição entre os grandes fabricantes foi tão acirrada e, por consequência, trouxe tantas inovações. Essa foi a conclusão daqueles que assistiram às principais entrevistas coletivas de lançamentos de produtos de empresas como LG, Samsung, Sony, NVidia, Panasonic e Microsoft na CES, feira de eletrônicos de Las Vegas, que será realizada até amanhã.

Com o desenvolvimento de recursos cada dia mais avançados da tecnologia digital, a eletrônica de consumo e de entretenimento ingressa numa nova era dos produtos e tecnologias inteligentes (smart products and technology). Tudo passa a ser considerado smart. Desse modo, a nova linha da coreana LG reúne televisores inteligentes, telefones inteligentes, diagnósticos inteligentes.

Nesse sentido, a LG ampliou sua estratégia de vendas no CES, com uma nova linha de eletrodomésticos – há alguns exemplos realmente sofisticados de refrigeradores e fogões hi-tech.

Na área de televisores, o grande denominador comum entre os fabricantes de televisores é o avanço do conceito de TV conectada, com a liderança das coreanas LG e Samsung. Nesse casamento entre a televisão e a internet, tudo ganha novas facilidades, tanto as funcionalidades da internet como o conteúdo e a aparência visual, com apoio dos novos softwares apresentados – como Apple TV, YouTube, Netflix e, talvez, a Google TV (que ainda não decolou).

A Samsung é outra coreana que traz grandes novidades na área de TV com imagem em três dimensões (3D) e, em especial, no avanço da TV conectada. Sua competição com a LG é das mais acirradas, até porque elas disputam os primeiros lugares entre os maiores fabricantes de monitores e televisores no mundo.

A guerra do tamanho dos monitores, que chegou a oferecer até um televisor com 150 polegadas em 2008, parece superada. O foco principal dos fabricantes agora está na combinação de qualidade de imagem com recursos ligados a aplicações e conteúdos da internet. A Samsung, por exemplo, limitou sua opções à faixa de tamanhos que vai de 19 a 65 polegadas, com grau de sofisticação máxima na série denominada SmarTV.

Quarta geração. A Verizon, maior operadora de telefonia sem fio dos EUA, anunciou na feira de Las Vegas o lançamento dos 10 primeiros dispositivos da quarta geração (4G) ainda no primeiro semestre deste ano.

A tecnologia 4G contempla velocidades de transmissão e de acesso à internet progressivas, acima de 50 megabits por segundo (Mbps), e é também conhecida por tecnologia de Evolução de Longo Prazo (LTE, de Long Term Evolution).

Segundo o diretor de tecnologia da Verizon, Tony Melone, a operadora oferece, até agora, acessos sem fio de 3G com velocidades efetivas de 5 a 12 Mbps, mas ainda com poucos usuários. A entrada em operação da tecnologia 4G permitirá a superação dessas velocidades até o final de 2011.

Os dispositivos lançados na CES 2011 são modems de alta velocidade, acopláveis a laptops, com conexão USB, para acesso ultrarrápido à internet. Os mercados a serem beneficiados alcançam 100 milhões de usuários. Os primeiros desses dispositivos já haviam sido anunciados em dezembro.

Os 10 novos dispositivos de 4G anunciados incluem, na realidade, quatro smartphones que rodam o sistema operacional Android, um notebook avançado e minicélulas móveis (móbile hot spots). Todos esses dispositivos oferecerão tanto os serviços de 3G quanto os novos, de 4G.

Os equipamentos começam a chegar em março, e sabe-se que, entre eles, estão os smartphones LG Revolution, o HTC Thunderbolt, um Samsung e o Motorola Droid Bionic. A grande novidade, entre esses dispositivos, é o tablet Samsung Galaxy e o Motorola Xoom. As hot spots 4G serão da Novatel MiFi e da Samsung, ambas com capacidade para conectar até cinco dispositivos Wi-Fi a redes 3G e 4G.

A Verizon antecipou também o anúncio de uma ampla gama de smartphones que terão a capacidade de se comunicar gratuitamente, ou a preços muito baixos, utilizando o sistema Skype Mobile com vídeo.

 

TELEVISÃO

Cristina Padiglione

Chico Xavier, a série, chega dia 25, com extras

A Globo já definiu as datas de exibição para Chico Xavier, a minissérie derivada do filme que levou milhões ao cinema no ano passado. Vai ao ar nos dias 25, 26, 27 e 28 de janeiro, com cerca de uma hora a mais do que o conteúdo editado para o longa-metragem – daí as cenas inéditas. Assim como fez com O Bem-Amado, produto da Globo Filmes que terá desdobramento como minissérie programada para o dia 18, a série Chico Xavier resulta de planejamento feito à época das filmagens do longa. São produtos para a TV pensados e concebidos para tanto, desde a realização dos títulos para o cinema. Um feliz modelo de transmídia que a Globo pretende explorar mais vezes.

34,7 pontos de média é o saldo de Passione no Ibope até aqui, Novelas anteriores do horário, Viver a Vida fechou com 35,8 pontos, e Caminho das Índias, com 38,8

‘Comecei a usar o VT, mas não gosto de programas gravados. O gravado não sou eu. Prefiro fazer ao vivo.’ Bibi Ferreira a Márcia Peltier: no ar terça, 22h50, na CNT

Caberá a Sandy, dentro da série Os Últimos Dias de um Ícone, a narração do documentário sobre Edith Piaf, que o canal GNT leva ao ar no dia 14, sexta-feira, às 18h.

O Corujão do Esporte, exibido em setembro por obra do mundial de Vôlei, ganha vaga fixa na Globo de sexta para sábado, após o Jô. Com meia hora de duração e apresentação de Tande, abraçará todas as modalidades.

Camila Morgado tem samba no pé. Ela será destaque do carro abre-alas da Porto da Pedra no carnaval que vem aí. A escola homenageia Maria Clara Machado com o enredo O Sonho Sempre Vem Pra Quem Sonhar.

Astro da Globo na Record? Só se for desafeto – não que Chico Anysio ainda o seja, mas o humorista passou anos confinado à geladeira da casa, após tecer críticas à alta direção. Pois é ele quem ganha tributo no Domingo Espetacular que a TV de Edir Macedo exibe amanhã.

Maga de Paula, mulher de Anysio, o filho Nizo Neto, o cantor Falcão, além dos humoristas Tom Cavalcante e Castrinho foram ouvidos pelo Domingo Espetacular.

E o Fantástico de amanhã mostra o reencontro entre a repórter Lília Teles e a enfermeira Jean Baptiste, resgatada com vida após quase quatro dias soterrada sob escombros do terremoto no Haiti.

A equipe de Lília foi até a casa da enfermeira com o sargento Marco Antônio de Souza, responsável pelo resgate. Há um ano, Lília registrou o momento em que o sargento ouviu o pedido de socorro da enfermeira e conseguiu segurar sua mão.

Alma Carioca, documentário de Richard Luiz e tema desta Fashion Rio, reúne depoimentos de Gilberto Gil, Mario Testino, Hildegard Angel e Luciano Huck sobre o lifestyle do Rio. O GNT exibe a produção amanhã, à 0h, e segunda, 21h.

 

******************

Clique nos links abaixo para acessar os textos do final de semana selecionados para a seção Entre Aspas.

Folha de S. Paulo – Domingo

Folha de S. Paulo – Sábado

Estado de S. Paulo – Domingo

Estado de S. Paulo – Sábado

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem