Domingo, 27 de Setembro de 2020
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1074
Menu

FEITOS & DESFEITAS >

Venda aprovada para consórcio estrangeiro

25/11/2005 na edição 356

A compra da editora alemã Berliner Verlag pelo empresário David Montgomery foi aprovada nesta sexta-feira (25/11) pelo presidente do Escritório Alemão Antitruste, Ulf Boege. A decisão faz de Montgomery o primeiro estrangeiro a possuir um jornal alemão. A Berliner Verlag publica o Berliner Zeitung e o tablóide Berliner Kurier.


Depois de longas negociações, a empresa alemã Holztbrinck concordou em vender sua subsidiária a um consórcio de investidores britânicos e americanos. Liderado por Montgomery, ex-executivo-chefe do grupo britânico Mirror, o grupo de compradores inclui a empresa de investimento britânica Mecom e a empresa americana da área financeira Veronis Suhler Stevenson. Especula-se que o negócio tenha sido fechado em cerca de US$ 175 milhões.


Logo que foi anunciada, em outubro, a venda foi criticada pela ministra da Cultura alemã, Christina Weiss, que afirmou que seria melhor se a companhia tivesse sido comprada por qualquer outra pessoa que não Montgomery. Na ocasião, os funcionários da editora também protestaram, pois temiam que o empresário impusesse o mesmo regime de corte de custos que implementou no Mirror em 1992. Montgomery respondeu que, se houver qualquer corte de empregos na Berliner Verlag, este será modesto. Informações de Stephen Brook [The Guardian, 25/11/05].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem