Sexta-feira, 14 de Agosto de 2020
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1074
Menu

IMPRENSA EM QUESTãO >

Rádio irá transmitir campanha sul-coreana

05/12/2007 na edição 462

A emissora de rádio Open Radio, financiada pelos EUA, passará a transmitir na Coréia do Norte, a partir da próxima semana, discursos e debates dos candidatos à presidência da Coréia do Sul, noticia a AP [3/12/07]. As primeiras transmissões serão do candidato liberal Chung Dong-young, seguidas pelas de Lee Myung-bak, líder do principal partido de oposição, o Grand National Park.


Lee costumava ser criticado com regularidade pela Coréia do Norte, mas o governo de Pyongyang recentemente mudou o alvo e passou a atacar o candidato independente Lee Hoi-chang. Tanto Hoi-chang quanto Myung-bak vêm criticando o governo liberal do atual presidente Roh Moo-hyun, por não ser rígido o suficiente com a Coréia do Norte. Segundo pesquisas, os dois candidatos estão à frente de Dong-young. As eleições serão realizadas em 19/12.


Pela democracia


A rádio, com sede em Seul, acredita que a iniciativa pode fazer com que os norte-coreanos se interessem pela eleição sul-coreana, além de servir para mostrar como uma decisão política é tomada em uma sociedade democrática. A administração de Pyongyang acusa as transmissões de rádio com base em outros países de fazerem parte de uma campanha psicológica americana para acabar com o regime comunista – acusação negada por Washington.


Oficialmente, os norte-coreanos são proibidos de ouvir notícias vindas do exterior, por isso ainda não está claro quantas pessoas efetivamente serão capazes de acompanhar os discursos pelo rádio. As estações regulares da Coréia do Norte têm uma programação fixa para divulgar apenas programas estatais. O ato de ouvir transmissões críticas ao regime é considerado uma ofensa severa, que já colocou diversas pessoas na cadeia. Ainda assim, é crescente o número de norte-coreanos que escutam às emissoras estrangeiras e que se comunicam com outros países, através de celulares que usam redes de telecomunicações da China.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem