Sexta-feira, 29 de Maio de 2020
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1074
Menu

INTERESSE PúBLICO >

O rádio merece destaque

Por Francisco Djacyr Silva de Souza em 22/02/2011 na edição 630

Normalmente temos certo desprezo ao papel do rádio na história e divulgação de sua importância em todos os setores da vida moderna. É cada vez mais premente a necessidade de abrir espaços para valorizar a história do rádio e resgatar histórias do mundo do rádio criando oportunidades de mostrar o que se passa nesse meio, debatendo seus problemas e fazendo uma apreciação crítica de tudo que lhe for referente. Temos organizações e grupos que privilegiam os outros meios de comunicação, não dando ao rádio a importância necessária e resgatando todos os aspectos que têm a ver com a história deste meio comunicativo. O rádio merece respeito e seus personagens precisam ser cada vez mais valorizados e enaltecidos em todos os setores da sociedade.

No momento atual, temos visto muitas mudanças neste meio de comunicação que precisam realmente ser feitas, pois como o suposto processo de globalização é preciso urgentemente criar novos modelos de comunicação, mas sem perder o glamour e a importância que sempre fizeram parte de seu processo histórico. O rádio é muito importante e sua história não deve esquecer grandes ícones deste meio de comunicação que fizeram a história através de suas ondas e de sua comunicação. Há uma necessidade firme de criar oportunidades e mecanismos de dar ao rádio o destaque necessário em todos os meios de comunicação. Vemos assim que nos jornais, revistas de circulação nacional e na televisão pouco se tem feito para divulgar o papel do rádio e sua importância.

A pouca divulgação da luta

A sociedade precisa se organizar fortemente para desenvolver ações no sentido de valorizar e enaltecer o rádio. A experiência nos mostra que o povo quando se organiza tem capacidade de mudar e desenvolver novas ideias, perspectivas e lutas. A luta pelo rádio de qualidade e de valorização de tudo que se referir ao meio rádio é extremamente plausível e importante para o crescimento deste meio em todos os sentidos. O rádio precisa de investimentos para se desenvolver junto aos outros meios de comunicação e alcançar fortemente a certeza de sua perpetuação com modernidade e desenvolvimento.

A luta pelo rádio vem sendo desencadeada há oito anos pela Associação de Ouvintes de Rádio do Ceará (AOUVIR), que tem promovido debates, visitas, exposições temáticas, criação do selo de qualidade do rádio, sempre no sentido de promover firmemente o papel do rádio e divulgar a luta pelo rádio e seu papel perante a sociedade. No entanto, um fato nos entristece, que é a pouca divulgação desta luta e a falta de espaços e parcerias para desenvolver um bom trabalho, visto que o grupo que hoje faz a Associação tem poucos recursos para desenvolver fielmente sua prática. Mas a luta continua em todos os aspectos, esperando sempre o apoio de quem é de direito e quer um rádio melhor.

O poder de refletir criticamente

A certeza de um rádio melhor e a luta pela sua eficiência em todos os sentidos é uma tarefa que será sempre perseguida por aqueles que gostam e referendam a importância deste meio de comunicação e precisa de agregação para o fortalecimento da missão de valorizar e promover um crescimento deste meio de comunicação para a prosperidade. O rádio precisa ser valorizado e acreditado, pois seu crescimento significa firmemente o crescimento da sociedade como um todo. Na luta por um rádio melhor, é preciso que todos aqueles que querem lutar e fazer com que o rádio cresça se unam com o grupo hoje organizado, e que tem ineditismo no Brasil, e procurem fortalecer a dinâmica do rádio e enaltecer seus personagens em todos os sentidos.

Para fortalecer esta luta, é importante procurar meios para isso e organizar em todo o país grupos que lutem pela programação de qualidade e pelo desenvolvimento do rádio como meio de comunicação e como instrumento ativo da sociedade que já provou sua importância, versatilidade e importância nos dias de hoje. A luta pelo rádio de qualidade é vital para gerarmos em nossa sociedade o poder de refletir criticamente sobre o mundo e oportunizar sempre o debate sobre o que se passa no mundo e quais os reflexos das transformações na vida de cada um de nós. É hora de valorizar o rádio em todos os sentidos e somente organizados seus usuários poderão melhorar e garantir o rádio como meio de comunicação forte, vitorioso e com participação ativa em nossa sociedade.

******

Vice-presidente da Associação de Ouvintes de Rádio do Ceará, Fortaleza, CE

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem