Segunda-feira, 06 de Julho de 2020
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1074
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

A socialite e o blog que deu certo

Por Leticia Nunes (edição), com Larriza Thurler em 11/05/2010 na edição 589

O site Huffington Post, criado pela ex-socialite grega Arianna Huffington há cinco anos, virou exemplo de blog de notícias que deu certo. Este ano, o HuffPo deve lucrar pela primeira vez. Até recentemente, estava ‘em modo investimento’, diz o CEO Eric Hippeau. No ano passado, o site aumentou sua equipe de 49 para 89 funcionários em tempo integral. Em setembro, Greg Coleman, ex-executivo do Yahoo, foi contratado para cuidar da publicidade do HuffPo. Desde então, contratou 18 executivos de vendas que já conquistaram dólares de empresas como Mercedes, Siemens, General Electric, HP e IBM. Coleman diz que o objetivo é dobrar a receita do site em 2010 e 2011. A estimativa é de que a receita de 2009 tenha chegado a 15 milhões de dólares. O número de visitantes únicos chegou a 22 milhões em abril.

Arianna diz que um fator importante para o sucesso entre anunciantes e leitores foi o fato de sua equipe ter conseguido mudar a percepção de que o HuffPo se tratava apenas de um blog de esquerda que servia de plataforma para que seus amigos famosos expusessem suas opiniões políticas. Ela diz que conseguiu provar a qualidade do jornalismo do site. ‘E ficou bastante claro que nós iríamos cobrir o governo Obama de maneira justa. Isso nos deu muita credibilidade’, afirma.

Hoje, o HuffPo ultrapassou a fronteira política, publicando 20 seções – de esportes e tecnologia a humor – que geram cerca de 75% do tráfego do site. Em breve, serão lançadas seções voltadas a artes e turismo. Um programa de rádio sindicalizado também está nos planos. Além disso, o site implantou a ferramenta Facebook Connect, que permite que seu conteúdo seja compartilhado por usuários na rede social, tem acesso direto ao Twitter e relançou recentemente seu sistema de comentários. Agora, leitores mais ativos ganham status de moderadores de comentários. A ideia é ver os comentários como conteúdo e dar às seções do site a noção de comunidades online – e, com isso, ampliar ainda mais a participação do público. No mês passado, o HuffPo recebeu 2,3 milhões de comentários. Com informações de Mike Shields [MediaWeek, 9/5/10].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem