Sábado, 11 de Julho de 2020
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1074
Menu

ENTRE ASPAS >

Campanha online pede demissão de editor da BBC

18/05/2010 na edição 590

Internautas lançaram na rede social Facebook uma campanha para convencer a rede pública BBC a demitir seu editor de política, Nick Robinson. Até o último sábado [15/5], mais de dois mil membros, na maior parte universitários que apoiam o Partido Trabalhista, já haviam se juntado à iniciativa.

Os fundadores da página na rede social alegam que a cobertura das eleições para primeiro-ministro no Reino Unido foi tendenciosa, a favor do Partido Conservador. Segundo Peter Tennant, um dos criadores da campanha, as críticas não são um ataque pessoal a Robinson, mas sim à objetividade editorial da BBC.

Interferência

Segundo Tennant, a cobertura tendenciosa pôde ser observada em diversos momentos: ao comparar o conservador David Cameron ao ex-primeiro-ministro Benjamin Disraeli, antes mesmo de assumir o cargo, e ao falar que os Conservadores ‘venceram’ as eleições; ao descrever Gordon Brown como ‘primeiro-ministro não eleito’; e, por fim, a ‘clara reação de prazer’ de Robinson quando os Conservadores voltaram ao poder.

Quando era estudante, Robinson foi presidente da Associação Conservadora da Universidade de Oxford e posteriormente passou um ano no cargo de presidente nacional dos Jovens Conservadores. Antes de assumir a editoria política da BBC em 2005, substituindo Andrew Marr (que era frequentemente acusado de parcialidade pró-trabalhista), ele garantiu que o seu passado conservador não teria interferência em seu trabalho.Informações de Roy Greenslade [The Guardian, 14/5/10].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem