Terça-feira, 07 de Julho de 2020
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1074
Menu

MONITOR DA IMPRENSA >

Comercial sobre aborto gera controvérsia

01/06/2010 na edição 592

Um comercial exibido no Reino Unido por uma organização internacional voltada a planejamento familiar e saúde sexual provocou controvérsia no país. A Advertising Standards Authority, agência que regula a publicidade no Reino Unido, recebeu mais de 350 reclamações de telespectadores que se sentiram ofendidos pelo anúncio.


A campanha do grupo Marie Stopes oferece aconselhamento sobre aborto. A peça, exibida pela primeira vez na semana passada, à noite, mostra algumas mulheres com ar de preocupação. Uma legenda diz que elas estão ‘atrasadas’. A narradora diz que menstruação atrasada pode significar gravidez e indica um número de telefone caso a pessoa esteja grávida e não saiba o que fazer. Foi a primeira vez que um comercial deste tipo foi exibido no país.


O grupo anti-aborto Life classificou o comercial de ‘grotesco’. A agência regulatória avaliará as queixas e o anúncio para determinar se a campanha violou as regras publicitárias do país. Informações de Mark Sweney [Guardian.co.uk, 28/5/10].




Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem