Sábado, 04 de Julho de 2020
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1074
Menu

ENTRE ASPAS >

Investimento publicitário no Brasil teve alta em 2009

Por Leticia Nunes (seleção de textos) em 01/06/2010 na edição 592


Leia abaixo a seleção de terça-feira para a seção Entre Aspas.


 


************


Folha de S. Paulo


Terça-feira, 1 de junho de 2010


 


PUBLICIDADE


Mariana Barbosa


Publicidade tem alta de 4% em 2009


‘O investimento em veiculação de anúncios no Brasil cresceu 4% no ano passado, alcançando R$ 30,5 bilhões.


O resultado foi puxado pelo aquecimento da economia no último trimestre. ‘Passamos o período de janeiro a setembro com crescimento zero’, diz José Carlos de Salles Gomes Neto, presidente do Grupo Meio & Mensagem, responsável pela elaboração do ranking Agências e Anunciantes.


Como acontece desde o início da década, as Casas Bahia lideram o ranking dos maiores anunciantes do país, com verba de R$ 1,1 bilhão em compra de mídia -recuo de 2% em relação a 2008.


Em segundo lugar vem a Unilever, com R$ 793 milhões (alta de 1%).


O crescimento do mercado aconteceu apesar do movimento de fusões e aquisições, que reduzem o ambiente competitivo. O Itaú manteve praticamente estável a sua verba de mídia (R$ 153 milhões). Mas o Unibanco, adquirido em novembro de 2008, reduziu em 19% seus investimentos no setor, para R$ 36 milhões. ‘Com o desaparecimento da marca Unibanco a partir deste ano, essa verba vai desaparecer’, diz Salles Neto.


No ranking das agências, a Y&R, que detém a conta das Casas Bahia, segue na liderança, com faturamento bruto de R$ 1,8 bilhão.


Para este ano, Salles Neto prevê alta de 12% a 15% nos gastos com publicidade, crescimento que deve ser puxado por Copa e eleições. ‘No primeiro trimestre, o setor já cresceu 25%.’’


 


 


TODA MÍDIA


Nelson de Sá


Israel vs. Turquia


‘‘New York Times’ e ‘Wall Street Journal’ postaram que o ataque indica a ruptura entre Israel e seu maior aliado na região, a Turquia.


Pode haver turcos entre os mortos. O ‘WSJ’ sublinhou a reação do primeiro-ministro Erdogan, denunciando o ‘terror de estado’, e de ‘analistas militares israelenses’, temerosos da divisão estratégica. O jornal cita que ela não é nova e se acentuou com o acordo entre Turquia, Brasil e Irã.


Em destaque no ‘NYT’, um colunista de jornal turco avisou que a ação ‘será vista como uma declaração de guerra’, transformando ‘um país de 72 milhões na maior potência anti-Israel na região’.


E o Council on Foreign Relations já postou análise antevendo a ‘ruptura’ entre Turquia e Israel, além de ‘mais um’ tropeço entre turcos e americanos.


ONDE ESTÁ HILLARY? Na manchete do Huffington Post, ‘Ataque em alto-mar aprofunda o isolamento de Israel’. Com a foto, ressaltou a reação global, a fraca ‘preocupação’ dos EUA e linkou análises de ‘Foreign Policy’ e Salon, avaliando que o governo Obama não têm como ‘ignorar’. Em destaque, deixou a pergunta ‘EUA serão o único país a não condenar o ataque?’


‘EXODUS 2’ O ‘NYT’ salientou os ‘paralelos’ entre os navios de Gaza e o Exodus -acima- que enfrentou resistência semelhante em 1947, dos ingleses, ao levar judeus à Palestina. O site de estratégia Stratfor, em longa análise, disse que a ‘guerra de opinião pública’ será vencida pelos palestinos, agora, se a ligação com o Exodus ganhar a ‘percepção global’. Mas lembrou que o episódio que ajudou a estabelecer Israel se baseou, em parte, num livro de ficção, ‘Exodus’, de Leon Uris


INTERFERÊNCIA NOS SINAIS


A Reuters ressaltou em seu despacho sobre o ataque que ‘a interferência israelense nos sinais e a censura militar impediram a apuração independente para o drama no mar’.


Já era parte da ‘guerra de opinião pública’, que começou com vídeos da Al Jazeera e da agência turca DHA, direto do navio, e fechou com cenas editadas e distribuídas pelos militares de Israel, inclusive nos telejornais brasileiros.


BRASIL & CHINA


Nas manchetes da Folha.com aos portais, ‘Brasil condena’, ‘Brasil pede ação da ONU contra Israel’, depois ‘Brasileira está bem’.


Também no ‘China Daily’, em destaque, mas sem manchete, ‘China condena ataque de Israel’.


IRÃ E A BOMBA


No final do dia, o ‘NYT’ chamou na home para a agência de energia, ‘Relatório da ONU diz que Irã tem urânio para duas armas nucleares’. Já o enunciado do despacho da Reuters frisava que ‘Irã amplia centrífugas, mas supervisão melhora’.


ISRAEL E A BOMBA


No domingo, antes do ataque, o ‘Times’ de Londres deu que Israel havia decidido enviar submarinos ‘com mísseis nucleares para a costa do Irã’.


Foi depois do apoio americano ‘inédito’ à resolução da ONU sobre não proliferação, que ‘isolou Israel’, como destacou o Drudge Report. ‘EUA sacrificaram Israel’, questionou o israelense ‘Haaretz’. De acordo com o ‘Yediot Aharonot’, a decisão deixou o primeiro-ministro Netanyahu ‘furioso com Obama’.


MAIS QUE A CHINA


Na capa do jornal ‘O Estado de S. Paulo’, ‘PIB do Brasil cresce mais que o chinês’ no primeiro trimestre. O IBGE divulga os dados na semana que vem. Na Reuters Brasil, ‘Lula acha bom expansão de 5% a 6%, mas quer evitar o efeito sanfona’ de um crescimento ainda maior.


E em sua palestra no Brasil, coberta ontem por ‘Exame’, ‘Financial Times’, Bloomberg, o economista Nouriel Roubini sugeriu ‘cautela’ com o crescimento brasileiro -e até usar ‘controles de capital’, de modo ‘ponderado’.’


 


 


TELEVISÃO


Andréa Michael


Márcio Garcia é um serial killer em ‘Na Forma da Lei’


‘A obsessão de Maurício (Márcio Garcia) por Ana Beatriz (Ana Paula Arósio) é a razão do crime que desencadeia a primeira temporada da série global ‘Na Forma da Lei’, que estreia em 15/6.


Filho do senador João Carlos Viegas (Luís Melo), Maurício mata Eduardo (Thiago Fragoso), noivo de Ana Beatriz. Absolvido, ele se envolve em pelo menos outras 14 mortes na história, que substituirá ‘Força Tarefa’, sempre às terças.


Ana Beatriz se transforma em uma promotora e seus amigos mais próximos em advogado, juiz, delegado e jornalista investigativo.


Em busca de justiça, eles mapeiam os crimes do assassino: corrupção, lavagem de dinheiro, tráfico de drogas…


‘Maurício vai mostrar todos os sintomas do abuso de poder: da subjugação e do suborno até se transformar em um serial killer’, diz o diretor da série, Wolf Maya, para quem a juventude estava precisando assistir a ‘coisas mais sérias’.


O assassino será suplente do pai. Assumirá o mandato quando o titular, numa jogada de marketing, atirar no próprio peito. Semelhanças com o real? Coincidência.


Revival Em novo horário (16h), Gugu (Record) recebeu ex-integrantes do Menudo e do Polegar no domingo. Lembranças, barrigas e carecas renderam nove pontos no Ibope (540 mil domicílios ligados na atração na Grande SP). Antes na faixa, o ‘Domingo Espetacular’ teve 13 pontos na semana anterior.


Paetê 1 A festa de Bruno Chateaubriand e André Ramos, sábado, no Rio, confirmou o paetê como tendência. Em meio ao brilho, Gloria Perez dividiu mesa com Leda Nagle. Os ex-BBBs Jean, Lia e Serginho estavam lá.


Paetê 2 Também na festa, Suzana Vieira comentou: ‘Depois de 60 anos, contratei uma assessoria de imprensa. Melhorou muito a minha vida’.


Suspense No sábado, Walcyr Carrasco lançou o livro infantil ‘Em Busca de um Sonho’ no Festival da Mantiqueira. Disse que está escrevendo uma trama das 19h com tema ainda inédito.


Dúvidas 1 O ‘Pânico na TV’ anteontem mostrou o aniversário de Charles Henriquepédia em um parque de diversões. Apavorado, ele gritou para um monstro no trem fantasma: ‘Está amarrado em nome de Jesus’. Ouviu de Sabrina Sato: ‘Você é exorcista?’. ‘Não, evangélico.’


Dúvidas 2 Ainda sobre a atração da Rede TV!: por que encenar a demissão, na semana passada, e depois criar clima e recontratar Alfinete ao vivo, anteontem, se o nome dele já estava certo para a Copa?’


 


 


Gustavo Villas Boas


Final da série ‘Big Bang Theory’ arruma namorada para nerd


‘Sheldon Cooper, o antissocial físico teórico interpretado por Jim Parsons, foi vítima de uma brincadeira dos amigos e tem de conhecer uma mulher via site de relacionamentos da internet. Dr. Sheldon, uma das estrelas da série de comédia ‘Big Bang Theory’, já avisou que qualquer contato íntimo está fora de cogitação, mas temos de esperar para ver.


Mayim Bialik, a atriz que faz a nova garota no desfecho da terceira temporada da série, que vai ao ar hoje (Warner, 21h30), já foi chamada para os primeiros capítulos da quarta temporada. O encerramento de ‘Big Bang’ teve excelente audiência nos EUA, em torno de 15 milhões de pessoas (melhor do que o final de ‘Lost’), dividindo com ‘Two and a Half Men’ o topo das comédias mais vistas no país.


Os programas têm mais em comum: foram idealizadas por Chuck Lorre. No Brasil, também hoje acaba a sétima temporada de ‘Two and a Half Men’ (Warner, 21h). Mas as duas terão continuação. Charlie Sheen, estrela da série, acabou com os rumores de encerramento e assinou por mais dois anos com a emissora CBS.’


 


 


Conselho da TV Cultura elege presidente


‘Moacyr Guimarães foi eleito, em reunião, ontem, presidente do conselho curador da Fundação Padre Anchieta.


Carlos Vogt era considerado candidato único até maio, mas perdeu a eleição após indicação de Guimarães por Jorge da Cunha Lima, que era o antigo ocupante do cargo.’


 


 


 


************


O Estado de S. Paulo


(www.estadao.com.br)


Terça-feira, 1 de junho de 2010


 


TELEVISÃO


Homer Simpson é escolhido melhor personagem da TV dos últimos 20 anos


‘Homer Simpson, o pai da família do desenho animado Os Simpsons, foi escolhido como melhor personagem da TV e do cinema dos últimos 20 anos, em uma pesquisa realizada pela revista americana Entertainment Weekly.


‘As pessoas se identificam com Homer porque todos somos secretamente impulsionados por desejos que não podemos admitir’, disse à revista o criador do personagem, Matt Groening.


O segundo colocado na pesquisa, que marca o aniversário de 20 anos da revista de entretenimento, foi o mago Harry Potter, interpretado no cinema pelo ator Daniel Radcliffe.


A personagem Buffy, a Caçadora de Vampiros, que no cinema ganhou o rosto da atriz Sarah Michelle Gellar, ficou em terceiro.


Em quarto lugar ficou Tony Soprano, do seriado americano Os Sopranos, seguido pelo vilão de histórias em quadrinhos Coringa, na versão interpretada pelo ator australiano Heath Ledger no filme Batman, o Cavaleiro das Trevas.


Entre os outros personagens famosos incluídos entre os dez primeiros da lista estão Rachel, personagem da atriz Jennifer Aniston no seriado de TV Friends, o Edward Mãos de Tesoura de Johnny Depp e Hannibal Lecter, interpretado por Anthony Hopkins em O Silêncio dos Inocentes.


A personagem Carrie Bradshaw de Sarah Jessica Parker no seriado Sex and the City, e o personagem de desenho animado Bob Esponja Calça Quadrada, completam a lista.’


 


 


POLÍTICA


Rodrigo Alvares


No Piauí, juiz manda tirar nota sobre pesquisa eleitoral do Twitter


‘A Justiça Eleitoral não demorou muito para cair na tentação de querer controlar o que rola no Twitter. O juiz auxiliar da propaganda do Tribunal Regional Eleitoral do Piauí, Sandro Heleno Soares Santiago determinou que o presidente do diretório estadual do PT, Fábio Novo, retirasse de seu Twitter o resultado de ma pesquisa eleitoral ‘de consumo interno’.


A legislação eleitoral proíbe a divulgação de resultados de pesquisas eleitorais que não estejam devidamente registradas na Justiça Eleitoral. A questão, no caso, é considerar o Twitter, um órgão de comunicação similar à imprensa ou aos sites da internet.


Segundo o portal 180 Graus, a nota dizia: ‘Silvio Mendes ataca Wilson Martins. É sintomático. Pesquisa de consumo interno indica queda de Silvio e subida de Wilson. 7:00 PM May 19th via web’. Sílvio Mendes é o candidato do PSDB e Wilson Martins, o do PSB, que é apoiado pelo PT.


Para a advogada Geórgia Nunes, da assessoria jurídica do PSDB, que entrou com representação contra o PT, a divulgação da pesquisa fere a lei. ‘Esse tipo de divulgação é uma tentativa de burlar a necessidade de registrar pesquisa, além de influenciar a decisão dos eleitores’. O juiz eleitoral acatou suas alegações.’’


 


 


INTERNET


Sílvio Guedes Crespo


Google troca Windows por Mac e Linux internamente


‘O Google tem retirado gradativamente o Windows dos computadores internos da companhia, segundo o jornal britânico Financial Times, que afirma ter ouvido depoimento de vários funcionários da empresa.


O gigante das buscas online começou em janeiro deste ano o processo de substituição do sistema operacional de Bill Gates pelo Mac OS, da Apple, ou o Linux. Segundo a reportagem, o Windows pode vir a ser totalmente eliminado das máquinas usadas pelos 10 mil empregados do Google no mundo.


O motivo alegado por funcionários é a segurança. A decisão foi tomada, segundo o jornal, depois que as operações do Google na China foram atacadas por ‘hackers’ (termo usado pelo jornal). O fato de o Windows ser o sistema predominante torna-o um alvo mais visado do que outros.


Alguns empregados dizem, segundo o jornal, que, além da segurança, outro motivo para a eliminação do Windows é o esforço do Google de emplacar seus próprios produtos, inclusive o Chrome OS, sistema operacional que será concorrente direto do carro-chefe de Gates.’


 


 


Sílvio Guedes Crespo


Após ‘Quit Facebook Day’, diretor diz que problema acabou


‘O Facebook, site mais visitado do mundo segundo o Google (veja ranking), não é mais um vilão da privacidade na internet, a julgar pela opinião de um alto executivo da empresa.


Diego Oliva, diretor comercial para a Europa do Sul, disse à agência portuguesa Lusa nesta terça-feira, 1º: ‘Acredito que as preocupações que os utilizadores tinham e as questões que os deixavam insatisfeitos foram resolvidas antes de dia 31’.


Usuários do Facebook – uma rede de relacionamento entre pessoas – insatisfeitos com a política de privacidade da empresa marcaram para o dia 31 de maio o movimento que ficou conhecido como ‘Quit Facebook Day’ (‘Dia de Sair do Facebook’). Mas dias antes, o Facebook anunciou mudanças em relação à confidencialidade dos dados.


De qualquer forma, apenas uma pequena parte dos usuários aderiu ao protesto. O site oficial da campanha mostrava nesta manhã que 34,5 mil usuários confirmaram sua intenção de sair da rede social.


Os organizadores do movimento, Matthew Milan e Joseph Dee disseram, segundo blog do jornal britânico The Guardian, que 33.313 pessoas aderiram ao chamado ‘Facebookcídio’ – apenas 0,009% dos mais de 400 milhões de perfis cadastrados na rede. Uma pesquisa da Vision Critical constatou que 2% dos usuários norte-americanos do Facebook abandonariam o site.


Apesar de ser uma proporção muito pequena, o jornal considera que o número é ‘significativo’, pois ‘representa apenas as visões mais extremas de um grupo muito maior’. O português Diário Económico disse ontem em seu site que a campanha do Facebookcídio estaria ‘a ser um falhanço’ (no português do Brasil, ‘grande malogro’, ‘mau êxito’, ‘fiasco’, segundo o Dicionário Priberam).


O próprio site do Quit Facebook Day já dizia, desde ontem: ‘Sair do Facebook não é fácil. […] É como parar de fumar’.’


 


 


TECNOLOGIA


Ana Freitas


O iPad pode ajudar revistas e jornais?


‘Em apenas 24 horas, a primeira edição da revista Wired para iPad (lançada no último dia 26 de maio) vendeu mais de 24 mil cópias, segundo John C. Abell, chefe do escritório da Wired em Nova York, em depoimento ao Sillicon Alley Insider.


O preço da revista na AppStore da Apple é U$S 5. Logo, a arrecadação total foi de US$ 120 mil, em apenas um dia. E a editora da revista, Condé Nast, fica com 70% do valor — o resto é da Apple.


Será o iPad a salvação do jornalismo? Vinte e quatro mil cópias representa um terço da circulação de uma edição mensal nas banca, sem contar os assinantes. E em apenas um dia.’


 


 


 


************

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem