Quarta-feira, 08 de Julho de 2020
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1074
Menu

PRIMEIRAS EDIçõES >

Em São Paulo a comunidade ganha da mídia

Por Alberto Dines em 20/08/1996 na edição 4

A má vontade da mídia antes do início do mutirão não chegou a afetar os magníficos índices de adesão da sociedade paulistana. Pode até ter contribuído para aumentá-los. Nos primeiros dias do programa a aceitação foi de 80%, na segunda semana passou a quase 97%.

1 – Primeira conclusão: o espelho (a mídia) não está à altura do objeto espelhado (a comunidade).

2- Segunda conclusão: se a mídia não quer ou não sabe motivar a comunidade para as empreitadas coletivas, assume-se como dispensável e descartável.

3- Terceira conclusão: outorgando-se o estatuto de porta-voz da classe média que pretensamente não abre mão dos carros, as rádios locais (historicamente as mais reacionárias e, no caso, as mais vociferantes), revelaram o quanto estão distanciadas do verdadeiro jornalismo de serviços.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem