Terça-feira, 22 de Setembro de 2020
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1074
Menu

PRIMEIRAS EDIçõES >

Bahia sai ganhando

Por lgarcia em 20/03/2000 na edição 86

A cobertura dos desfiles do Carnaval 2000 pela Globo foi boa, como sempre. Mas só do ponto de vista técnico. No geral, foi muito frustrante – e até irritante – para nós, telespectadores, o estranho puritanismo que subitamente tomou conta das transmissões, evitando, sempre que possível, exibir mulheres em trajes sumários – ou sem traje nenhum. Ficou, mesmo, muito ostensiva a (suposta) determinação interna da Globo de boicotar a nudez feminina. Sinceramente, essa faceta pudibunda da Globo não combina nem um pouco com a linha geral da sua programação, que, em todas as novelas nos últimos anos, vem catalisando a deterioração de valores, com visível reforço para o sexo precoce, a promiscuidade, o adultério, o incesto, a desonestidade e a perversão moral, a pretexto de reproduzir a realidade da sociedade brasileira.

Francamente, essa atitude nas transmissões do Carnaval ficou inversamente análoga ao comportamento da Feiticeira, aquela da Band. Mostrou tudo na avenida, mas para dar entrevista à TV cobriu o rosto com as mãos! Me engana que eu gosto…

Pimenta

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem