Quarta-feira, 23 de Setembro de 2020
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1074
Menu

PRIMEIRAS EDIçõES >

Israelenses, é proibido noticiar

Por lgarcia em 19/03/2003 na edição 216

KUWAIT

Fornecer informações a israelenses virou crime no Kuwait. O Ministério das Informações local avisou à mídia estrangeira em comunicado oficial que uma companhia ou um jornalista que passar notícias a veículos de mídia israelenses enfrentará ação judicial.

"A lei em vigor no Estado do Kuwait proíbe qualquer tipo de cooperação e interação com Israel. O Ministério das Informações se posiciona contrário a abastecer noticiários e organizações noticiosas israelenses de emissão de reportagens a partir do Estado do Kuwait", dizia o comunicado.

Forças aliadas no Kuwait, segundo a Reuters (8/3/03), registraram mais de mil jornalistas estrangeiros para cobrir um ataque antecipado contra o Iraque para tirar o presidente Saddam Hussein do poder. Acredita-se não haver nenhum de Israel.

A nova regra já está dando chabu. Uma reportagem sobre tropas americanas no Kuwait foi transmitida pelo noticiário de uma emissora israelense no dia 7 de março. A compilação foi feita por um repórter israelense. O "incidente", de acordo com o Jerusalém Post (8/3/03), gerou recriminações entre os funcionários do governo kuwaitiano, que tenta descobrir quem permitiu que jornalistas israelenses noticiassem de dentro do país.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem