Domingo, 05 de Julho de 2020
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1074
Menu

PRIMEIRAS EDIçõES >

Livro sem referências

Por lgarcia em 10/06/2003 na edição 228

TELETIPO

A editora americana Little, Brown recolheu toda a tiragem do livro Pandora?s Keepers: Nine Men and the Atomic Bomb (em português, “Guardiões de Pandora: Nove homens e a bomba atômica”) do professor da Academia Naval dos EUA Brian VanDeMark, por conter mais de 30 passagens tiradas de outros livros sem referência bibliográfica adequada. O problema foi descoberto por Robert Norris, quando fazia resenha do livro para o New York Times e descobriu trechos semelhantes a partes de Racing for the Bomb (em português, “Corrida pela bomba”), de sua autoria. Pandora?s Keepers trata da criação da bomba atômica e teve edição de 15 mil exemplares, um número respeitável para o mercado americano. Ao todo, quatro autores reclamaram da falta de citações bibliográficas com a Little, Brown, que prometeu relançar o título com os erros sanados. Com informações do New York Times [4/6/03].

Os responsáveis pela ocupação do Iraque estão desenvolvendo um código de imprensa para o país, o que está causando protestos de jornalistas locais que temem a volta da censura pouco tempo após a queda de Saddam Hussein. Oficiais da coalizão invasora, no entanto, garantem que se tratam apenas de normas para evitar “mensagens desestabilizadoras e de ódio que destroem a emergente democracia iraquiana”. O código, que está sendo desenvolvido por uma comissão em Atenas, na Grécia, prevê, entre outras coisas, a adoção de penas contra difamação e incitação à violência, e a criação de um conselho local que redija um código de conduta para os jornalistas. Como informa a AP [4/6/03], os jornais, as revistas e os profissionais podem operar normalmente sem qualquer tipo de licença.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem