Sábado, 04 de Julho de 2020
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1074
Menu

MURAL >

Como investigar gastos públicos

29/06/2010 na edição 596

O fundador da ONG Contas Abertas, Gil Castello Branco, vem ao 5º Congresso internacional de Jornalismo Investigativo para ensinar jornalistas a investigar o gasto público federal. Castello Branco vai ministrar um curso de seis horas com dicas e técnicas para se encontrar exatamente o que se procura dentro do emaranhado de informações sobre o orçamento público que o governo federal disponibiliza na internet.

Gastos com cartões corporativos, despesas dos ministérios, transferências a estados e municípios e dados sobre o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) estão na programação do curso. Os participantes aprenderão a rastrear os recursos públicos repassados a empresas e a entidades sem fins lucrativos, quer sejam feitos por dispositivos constitucionais, emendas parlamentares ou projetos do Executivo. Ao final do curso, o jornalista estará apto a descobrir, por exemplo, quanto o Palácio do Planalto gastou com sabonetes neste ano, ou então o preço do aluguel que o Itamaraty paga pela sede da embaixada brasileira em Tóquio.

‘A imprensa desempenha papel fundamental no acompanhamento do orçamento brasileiro, confrontando números com o que efetivamente tem sido realizado pelos governantes, a fim de avançar na gestão por resultados’, diz Castello Branco.

‘Fiscalizar e rastrear o dinheiro público’

Quem participar do treinamento terá acesso a um mecanismo especialmente desenvolvido pelo Contas Abertas para o curso, que permite pesquisar a execução orçamentária em detalhes. Serão apresentadas ferramentas de fiscalização, como o Portal da Transparência, o site da Secretaria do Tesouro Nacional, os sistemas de acompanhamento de despesas do Senado e da Câmara e o portal do Contas Abertas, que reúne grande quantidade de informação, com diferentes possibilidades de pesquisa.

Os participantes aprenderão a transitar pelos números e conceitos do linguajar orçamentário, extraindo dele temas e informações ricas para as futuras pautas.

Ao lado de Vânia Vieira, da Controladoria-Geral da União, e de Gustavo Patu, repórter da Folha de S.Paulo, Castello Branco também participará da palestra ‘Como fiscalizar programas de governo e rastrear o caminho do dinheiro público’.

O 5º Congresso de Jornalismo Investigativo acontece de 29 a 31 de julho, no Campus Vila Olímpia da Universidade Anhembi Morumbi, em São Paulo. Veja aqui a programação completa do evento e o formulário de inscrições.

Dicas e informações

Quando: de 29 a 31 de julho de 2010

Onde: Universidade Anhembi Morumbi, Campus Vila Olímpia – Rua Casa do Ator, 275, Vila Olímpia, unidade 7 – São Paulo

Inscrições: http://bit.ly/inscricoescongresso

Preços:

Até 30 de junho

Profissional não-sócio:R$ 260,00

Profissional sócio: R$ 130,00

Estudante não-sócio: R$ 140,00

Estudante sócio: R$ 70,00

A partir de 1º de julho

Profissional não-sócio: R$ 300,00

Profissional sócio: R$ 150,00

Estudante não-sócio: R$ 170,00

Estudante sócio: R$ 85,00

******

http://www.abraji.org.br/?id=90&id_noticia=1208

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem