Segunda-feira, 06 de Julho de 2020
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1074
Menu

VOZ DOS OUVIDORES >

Ernesto Rodrigues

04/05/2010 na edição 588

‘Cada vez mais, o Login realiza, com leveza e competência, tudo que o Programa Novo sonhou realizar em sua tumultuada, confusa e árdua – para não dizer impossível – tarefa de substituir o histórico Pé na Rua. Cada vez mais, o Login demonstra ser uma alternativa inteligente e criativa de conteúdo de TV aberta destinado ao público jovem, mais precisamente os jovens que já começam a desconfiar que existe algo mais na vida além das viagens tribais pela Internet.

Dois conteúdos da edição do Login da última sexta-feira, 30 de abril, ilustraram à perfeição essa fórmula que começa a se transformar em referência não apenas de programa genuinamente televisivo, mas também de um conteúdo inteiramente sintonizado com as múltiplas plataformas de comunicação que nos rodeiam: o emocionante desfecho da série de reportagens em que Gabi acompanhou o kartista João Gonçalves – uma edição tão impecável e envolvente que contaminou a conversa ao vivo que se seguiu no estúdio – e o debate do dia, dedicado à discussão dos caminhos e desafios enfrentados pelos jovens profissionais que ocupam precocemente cargos de chefia, independentemente de qual seja o setor produtivo em que estão.

O fato de este ombudsman ter sentido algo próximo da sensação de ser insultado quando todos os jovens no estúdio do Login começaram a rir da simples perspectiva de ter de datilografar um texto em uma máquina de escrever, longe de ser um problema, foi apenas mais um sinal de que o programa está falando com o público para o qual foi idealizado. Ao mesmo tempo, é inegável, pelos conteúdos recentes, que o script do Login está afastando bastante o programa do público mais adolescente que o Programa Novo herdou do Pé na Rua.

Estratégias de programação e nostalgias datilográficas à parte, o fato é que o Login, para usar um termo comum nos bastidores da TV, emplacou, no que se refere à sua vocação como conteúdo de televisão. Tomara, portanto, que ele seja percebido pelo público que deseja impactar. Tomara, também, que a equipe não se esqueça da importância e da subestimada utilidade de manifestações como a do telespectador Gabriel Lorenzato, que, tendo feito críticas a alguns aspectos do programa através de email transcrito aqui na coluna do dia 28 de abril (‘Perguntas pertinentes’), ainda não mereceu uma resposta dos responsáveis.

Pausa

A partir desta segunda-feira, dia 3, até o dia 16 de maio, este ombudsman ficará fora do ar, juntando alguns dias de férias à participação, pela segunda vez, no congresso anual da ONO (Organization of News Ombudsman), entidade à qual a TV Cultura é filiada.

Melhor de três

Um dos questionamentos de telespectadores reproduzidos na edição de ontem, 28 de abril, relacionado à exibição do Hino Nacional pelas emissoras da Fundação Padre Anchieta mereceu a pronta resposta que se segue da Coordenação da Rádio Cultura Brasil e Cultura FM:

‘Prezada ouvinte,

As emissoras da FPA jamais deixarão de tocar o Hino Nacional Brasileiro. O aconteceu foi uma alteração de horário de sua exibição, motivada pela alteração da grade de programas da emissora ocorrida neste mês de abril.

Até o dia 31 de março tínhamos intervalos de uma em uma hora. No intervalo das 06 da manhã, tocávamos o Hino Brasileiro.

Atualmente, entre quatro e sete horas da manhã não há mais intervalos (chamadas, institucionais, etc). A Cultura FM transmite uma seleção musical corrida, sem intervalos, só com os créditos das músicas. Por essa razão, antecipamos a entrada do Hino Nacional Brasileiro para logo após o término do programa A Voz do Brasil.

Sem mais, agradecemos pelo contato e fidelidade da audiência.

Coordenação da Rádio Cultura Brasil e Cultura FM’

As outras questões levantadas pelos telespectadores – uma crítica ao programa Login e uma proposta relacionada à programação infantil da TV Cultura – ainda não mereceram a mesma atenção por parte dos respectivos responsáveis.

***

Perguntas pertinentes, 28 de abril

Transcrevo três questionamentos de telespectadores que, na opinião deste ombudsman, merecem explicações ou justificativas que os responsáveis pelas áreas respectivas da TV Cultura poderiam compartilhar com o público da emissora:

Interrompe ou não?

‘Vou ser direto. Acho que o programa Login falha ao colocar, no meio de uma discussão, o ’’Cultura a rodo’ ou qualquer outra coisa. Principalmente quando o assunto é aparentemente quente, interessante. Isso equivale a interromper uma pessoa que conversa comigo pra eu falar de outro assunto. Não gosto disso.

Abraços! Gabriel Lorenzato, Ibitinga (SP)

Com ou sem repeteco?

‘Sou fã incondicional da programação da Tv cultura e, quando estou em casa, deixo a tv somente na Cultura. Observei que a programação infantil que passa na parte da manhã repete-se no período da tarde e gostaria de sugerir que a programação não fosse repetida no mesmo dia e sim que a programação da manhã fosse a que passou na tarde do dia anterior, o que permitiria a crianças que permanecessem em casa o dia todo não vissem a mesma programação, o que acrescentaria mais informacões a elas. Creio que (a mudança) não criaria grandes dificuldades no sistema de edição da programação. (…) Obrigado pela atencão e espero estar colaborando para a melhoria dessa emissora que acho fantástica. Parabéns.

Antonia Dias de Oliveira, Cotia (SP)’

Com ou sem hino?

‘Sou assídua telespectadora e ouvinte da tv e rádio cultura, em toda a sua programação, há mais de vinte anos. Gostaria de saber o motivo pelo qual não está mais sendo executado o Hino Nacional Brasileiro. Eduquei os meus filhos e os instrui assistindo e ouvindo a Cultura. O hino é um marco para nós , entre as nossos compromissos. É uma oportunidade de lembrarmos da nossa pátria, do respeito e o amor que devemos nutrir. Lastimo profundamente esta infeliz decisão.

Miranda de Villela , São Paulo (SP)

***

Promissora confusão, 26 de abril

Qualquer profissional com um mínimo de intimidade com a aventura misteriosa que é a de tentar prever as escolhas do telespectador concordaria: a equipe do programa Zoom, como ficou patente na edição exibida no último sábado, dia 24 de abril, tem feito a parte que lhe cabe com muito empenho e competência, em se tratando de um conteúdo produzido, embalado…

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem